Pages

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Fora do ar...

Amigos queridos e leitores do Olhar, ficarei fora por alguns dias devido a problemas com o note (de novo!). Então, nada de novas postagens por enquanto!

Grande abraço.

domingo, 8 de agosto de 2010

o parabéns de hoje é especial, pelo menos, para mim...

David Howell Evans, 49 anos.

Mundialmente conhecido como the Edge é o guitarrista da banda U2. Esse londrino é o filho do meio de Gwenda e Garvin, sua irmã caçula chama-se Gil e Dick é o mais velho. Reza a lenda, que foi o primeiro a responder ao anúncio que Larry Mullen (baterista) colocou no colégio para formar uma banda. 

Depois disso, o resto é história... e que história, diga-se de passagem! Adoro o som que ele faz nas músicas do grupo. Os arranjos que abrem a faixa Ultraviolet do álbum Achtung Baby e de Where the Streets Have no Name, do premiado the Joshua Tree, para mim, são mais do que perfeitos!

Fui as lágrimas quando as ouvi no estádio do Morumbi, nas duas vezes em que o vi de perto. Sem exageros, mesmo! É tanta lembrança boa de pessoas, de emoções e de tudo o que me remete a querer ser um homem melhor. Sou imensamente grato por toda a alegria que me foi  proporcionada. 

Feliz aniversário, Evans!






sábado, 7 de agosto de 2010

saindo do forno...

o ator Matt Bomer, protagonista da série White Collar (transmitida pelo canal FOX), teve fotos espalhadas pela web. Ele aparece com Mike White, seu ex-namorado, com quem se relacionou entre '01 e 04. Aumentando assim, os rumores de que o ator é gay.

Em entrevista a revista Details (voltada ao público gls), ele disse: "eu não me importo com nada disso. Estou completamente feliz e realizado na minha vida pessoal". Tenho dito.

Fonte: portal PS.


Dia dos pais, em Hollywood...

Brad Pitt com parte de sua extensa prole. Em algum parque em NYC, o loiro passeia com Maddox e Zahara.

Bruce Willis com Rumer, primogênita da união com Demi Moore. Inclusive, a moça já foi assistente de palco do Globo de Ouro.

David Beckham com Romeo, Brooklyn e Cruz no aeroporto de LA.

David Duchovny no Central Park aproveitando uma tarde ensolarada com Madelaine (no patinete) e em seus braços, Kyd Miller. Todos sob supervisão da mãe, Téa Leoni.

Dennis Quaid e Thomas dando um rolê por LA.

Hugh Jackman é pura diversão com Oscar e Ava. Sem comentários!

Jude Law todo praiano, ao lado de Iris e Ruddy.

um dos meus queridos: Russell Crowe se diverte com Charles.

e para concluir, Tom Cruise com Suri e Connor (filho da união com Nicole Kidman). Então é isso, parabéns para alguns dos papais mais lindos do mundo do cinema!


o parabéns de hoje vai para...

Charlize Theron, 35 anos.

Uma das mulheres mais lindas que Hollywood já produziu. Vencedora do Oscar por sua incrível performance em Monster, essa sul-africana estará nas telonas em '12, na refilmagem de Mad Max.

David Duchovny, 50 anos.

o eterno agente Mulder, do seriado Arquivo X está completando meio século e convenhamos, muito bem vividos. Vencedor de 2 Globos de Ouro (um por X-Files e o outro por Californication), é fluente em francês (olha, podemos nos comunicar muitíssimo bem!) e pelo o que encontrei, não há nenhum projeto para cinema, apenas com Californication, que está garantida até '11.

Só mais um pouquinho de David...

ele também é diretor, sua estréia atrás das câmeras foi em House of D, um drama com Robin Williams (que interpreta um deficiente mental), Téa Leoni (sua ex-esposa) e Erykah Badu (que faz maravilhosamente uma presidiária). Ótima dica!

Parabéns!

enquanto isso, na redação...

Uma das minhas amadas atuais, Angelina Jolie, em três momentos para divulgar seu novo filme, Salt. À partir da esquerda, um vestido de chiffon preto com um rasgo provocante, Jolie foi à Tóquio. Ao centro, o vestido esvoaçante vermelho, durante sua passagem em Moscou e usando um clássico revisitado, o tailleur. Optou por couro num look preto total, no evento Comic-com, em San Diego. Todos esses looks são da grife italiana Versace. Poderosa!

Julia Roberts e Oprah Winfrey durante a homenagem que o American Film Institute fez à Mike Nichols neste ano.

Os protagonistas de True Blood: Stephen Moyer, Anna Paquin e Alexander Skarsgard na premiere da terceira temporada do sucesso da HBO. Não perco um epis!

Casal novo à vista?! Nada disso, Brandon Routh e Anna Kendrick em Toronto, durante as gravações de seu novo filme.

A atriz Jane Lynch ganhou uma estátua de cera no famoso museu de Madame Tussauds.

Ellen Page, Leo, Marrion Cotilliard e Joseph Gordon-Levitt em Los Angeles para promover o mega-seucesso, Inception.

Para inaugurar outra loja na exclusivíssima Rodeo Drive, em LA, a Louis Vuitton organizou uma festa e entre os vários "it" e vips presentes, um casal roubou a cena. Trata-se de Xavier Samuel (o novo queridinho do filme Eclipse) e sua namú, a modelo Shermine Shahrivar. 

Ele é do bem, né?!

e para finalizar, Adrian Grenier durante a festa de lançamento da nova temporada de Entourage que a HBO promoveu nos estúdios da Paramount.


quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Um Olhar feminino sobre o Oscar.

Em mais de 80 anos de história dos prêmios da Academia, não foram poucas as pessoas que marcaram a cerimônia, seja por recordes, polêmicas, discursos emocionados ou homenagens mais do que merecidas e no ano em que uma mulher quebrou o tabu dentro da premiação, destacarei algumas que deixaram sua marca no maior prêmio da indústria norte-americana.

Vejam:

A criação da estatueta gira em torno do sexo feminino. Reza a lenda de que a origem do nome Oscar que foi dado ao boneco teria sido por uma mulher. São duas lendas, na verdade. A primeira é que a secretária-executiva da Academia, Margareth Herrick ao ver a estatueta teria dito que é a cara de seu tio Oscar. A segunda, tem a ver com a minha amada, Bette Davis, ela teria dado esse nome ao prêmio porque o homenzinho dourado era a cara de uns de seus amores.

 Tatum O'neal aos 10 anos de idade foi a mais jovem a receber o prêmio por sua atuação em Moon Paper.

por outro lado, Jessica Tandy foi a mais velha, ao receber aos 80 anos o Oscar por sua tocante atuação em Driving Miss Daisy.

outra grande presença é a de Meryl Streep. Ganhou apenas 2 vezes: acima, por Kramer vs. Kramer e por Sofia's choice. Além disso, recebeu outras 14 indicações, sendo a recordista para esta categoria.

Porém, a grande vencedora é certamente Katharine Hepburn. A atriz venceu 4 vezes: Morning Glory, Guess who's comming to dinner, the Lion in winter e on Golden Pond. Nunca apareceu para receber nenhum de seus prêmios. Hepburn só esteve presente uma vez, em '74, para apresentar a homenagem ao amigo, o produtor Lawrence Weingarten, com quem trabalhou em vários de seus filmes. Tem um vídeo no Youtube desta aparição, onde todos na platéia levantaram-se para aplaudí-la.

no quesito figurino, ninguém foi mais influente do que Edith Head. Trabalhou em mais de 400 filmes, recebeu mais de 30 indicações e ganhou o prêmio 8 vezes, um recorde até hoje mantido. Seu último grande trabalho antes de falecer foi em the Sting, por recriar com perfeição o figurino usado pelos gângsteres da década de '30, interpretados por Paul Newman e Robert Redford. 

Thelma Schoonmaker é um dos grandes nomes na edição. Começou a sua carreira editando os filmes de Fellini, Truffaut e Godard. Com essa experiência, acabou matriculando-se na Universidade de NY onde conheceu de forma inusitada seu grande parceiro cinematográfico: um colega de classe que tinha dificuldade para editar os seus trabalhos, Thelma foi indicada por um dos professores para que ela o ajudasse e esse aluno, era ninguém menos que Martin Scorsese, que renderia a Thelma os prêmios por Raging Bull, the Aviator e the Departed, além de outras 3 indicações.

Polêmica maior do que Katryn Bigelow causou por vencer na categoria de Direção não houve em mais de 80 anos de Oscar. As poucas indicadas foram Lina Wertmüller, Jane Campion e Sofia Coppola. A ex-esposa de James Cameron, conhecida por filmes de ação como Point Break e foi a grande responsável pelo grande sucesso de crítica the Hurt Locker, o único capaz de bater de frente com o blockbuster Avatar no Oscar deste ano. Kathryn havia ganho o prêmio do Sindicato de Diretores, BAFTA e ser indicada aos Globos de Ouro.

Parabéns a todas!

o que rola no meu mp3...

O que ouço no momento é...







Como podem ver, o gosto é eclético (isso é só uma amostra) mas bem condizente com o blogueiro.

Beijos.

um giro por aí...

Aaron Johnson (protagonista de Kick-Ass) está fora de X-Men: first class, o ator faria o Ciclope, garantiu o produtor Tarquin Pack ao site Movieweb.

Batman: Arkham City é a continuação do premiado game Asilo Arkahm. Neste jogo, o homem-morcego entrará na nova prisão de segurança máxima para os criminosos insanos de Gotham. O presídio será uma espécie de bairro fortificado no centro da cidade. A WB informou que o título será lançado somente no final de '11 para PC, PS3 e Xbox 360.

A produtora de "filmes adultos", Vivid Entertainment anunciou a sua próxima paródia, conforme o cartaz acima

e o ator Lexington Steele será o vilão Darth Vader. O "filme" terá formato 3D. Já pensaram?!

Está rolando desde ontem na web, a comparação entre o filme Inception e um quadrinho do Pato Donald lançado no Brasil em '03. Na história, o Professor Pardal desenvolve uma tecnologia e os irmãos-metralha a usam para entrar na cabeça do Tio Patinhas para descobrirem a senha da caixa-forte. O diretor Christopher Nolan, já saiu em defesa do filme e disse que desenvolveu o projeto há mais de dez anos. 

No site da Disney, a HQ está disponível em inglês para baixar.

Frank Miller (ainda pegável, nesta foto) que está produzindo desde '05, o quadrinho Batman x Al-Qaeda, não terá mais o homem-morcego na história. Como assim?! Em entrevista ao jornal LA Times, Miller disse que os rumos que o projeto tomou se distanciaram demais da idéia original. Então, tá!

e para finalizar em grande estilo, se estivesse entre nós, o lendário diretor John Huston completaria 104 anos

Indicado 10 vezes ao Oscar, venceu por the Treasure of Sierra Madre, em '48. Neste projeto dirigiu a também lenda Humphrey Bogart, parceiro em diversos outros filmes. O diretor teve ainda a chance de trabalhar com sua filha, Angelica, no filme que rendeu à ela o Oscar de atriz coadjuvante, Prizzi's Honor, em '86. Foi laureado pelo conjunto de sua obra, nos prêmios do American Film Institute e BAFTA, em '83 e '80, respectivamente.

Por enquanto, é só!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

onde tem bolo hoje?

o britânico Sam Worthington, 34 anos.

Estreiou nos EUA em '00 na extinta série televisiva JAG, mas seu grande salto para o estrelato foi em Terminator Salvation (uma vez que perdeu o papel de James Bond para Daniel Craig) depois veio Avatar e mais recentemente, Clash of Titans. Veremos o moço brevemente em: The Debt (ao lado de Helen Mirren e Tom Wilkinson) e Last Night (romance com Keira Knightley), ambos para '11.

e o irlandês Peter Otoole, 78 anos.

Indicado a 8 prêmios da Academia, porém, recebeu apenas pelo conjunto da obra, em '03 das mãos de Meryl Streep. Seus próximos projetos são: Mary Mother of Christ, Katherine of Alexandria e Eldorado.

Parabéns!

domingo, 1 de agosto de 2010

Não estou para ninguém.

Depois de um fim-de-semana nada legal para Robert Pattinson - com perseguição de paparazzi - o ator apareceu no set de seu novo filme, Water for Elephants, bem triste e irritado, pelo menos é o que mostram as fotos divulgadas. Vejam:

Como já se sabe, o filme é um romance e narra a história do veterinário (Pattinson) que cuida dos animais de um circo e se apaixona pela amazona, interpretada por Reese Whitherspoon, mulher do perigoso e vilão adestrador feito pelo vencedor do Oscar, Christoph Waltz. Com essa cara de "bons amigos", Rob não consegue um para pagar o seu café.

Olhem para isso! Chega mais perto pra ver o que você leva?!

Eu, particularmente, o prefiro assim:



Essa é a primeira vez que eu falo dele por aqui, no Olhar. Então, prefiro a lembrança com a cara boa.

sábado, 31 de julho de 2010

Let's go mad... men.

No Domingo passado (25/07) estreiou a quarta temporada da premiadíssima série Mad Men, nos EUA. Em '09, ela já havia batido recorde na audiência com um total de 2.8 milhões de telespectadores. Neste ano, o número ultrapassou a casa dos 3 milhões. Sucesso absoluto para a produtora Lionsgate e para o canal AMC.

Aqui no Brasil, Mad Men é transmitida pela HBO e foi indicada à 17 prêmios Emmy, o Oscar da TV norte-americana. A produção mostra a realidade da agência de publicidade Sterling Cooper. Um dos objetivos da série é mostrar as mudanças no comportamento da sociedade americana na década de 60. Vale a pena conferir!

Seu protagonista, Jon Hamm me tira do sério! Inclusive, venceu como melhor ator nos Globos de Ouro e Emmy e a série também venceu nos dois eventos.

Não vejo a hora dos novos episódios passarem na TV.