Pages

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Enquanto isso, na redação...

Segundo a revista People, o casal Halle Berry e Gabriel Aubry está oficialmente separado. A relação durou 5 anos (se conheceram durante a gravação de um anúncio para Versace) e tiveram uma filha, Nahla Ariela, hoje está com 3 anos. Uma fonte próxima ao casal disse que eles estão em acordo sobre a custódia da criança.

Foi colocado à venda nesta semana, o duplex onde YSL e Pierre Bergé viveram nos anos '70. O imóvel tem aproximadamente 500 m² e custa míseros US$ 31 milhões. Reza a lenda, de que Yves morou de aluguel por 8 anos e depois o comprou. O local está decorado com vários objetos pessoais do casal e obras de artes adquiridas em diversos leilões, já que YSL era um grande admirador das artes. Se você estiver em Paris, dê uma passada na Rue de Babylone para conferir o apartamento e peça ao seu gerente prime fazer a TED.

Übermodel Gisele e Tom Brady, ainda estão curtindo Paris (o casal está na cidade-luz desde o início de Abril) e pelo visto, não tem a menor pressa de ir embora. Isso mesmo, Gisele.

Foi anunciado nesta semana que o vídeo mais assistido em todos os tempos no Youtube é "Bad Romance", da cantora Lady GaGa, com mais de 180 milhões de acessos. Clipe que foi lançado mundialmente no último desfile de Alexander McQueen em Outubro de '09.

Acima, GaGa no Brit Awards de '10, quando venceu na categoria "Melhor Cantora Internacional" e durante o discurso dedicou o prêmio ao estilista britânico. Óbvio, que este look era McQueen.

Então é isso, um ótimo fim-de-semana à todos e estarei de volta somente na semana que vem. Isto, por que estarei visitando um casal de amigos muitíssimo queridos, no interior de São Paulo.

Beijos.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Mais um pouco de AVATAR.

Em apenas 5 dias após o seu lançamento nos EUA no formato Blu-ray, a super produção de James Cameron vendeu inacreditáveis 2,7 milhões de cópias, atingindo o maior número da história, desde o lançamento da tecnologia. E isso, porque o filme está no formato comum (2D), imaginem quando for lançada a versão em 3D, que foi o grande responsável pelo sucesso da produção?! Aqui no Brasil, a FOX encomendou à Microservice 35 mil cópias neste formato. Tudo bem que o volume de vendagem em terras tupiniquins é bem menor, devido ao custo elevado dos players (o que já vem caindo consideravelmente) e dos títulos, esses sim, ainda estão muito altos. Neste filme em questão, fizeram o favor de lançar com um menu bem do sem-vergonha com as opções: Play/Set up/Scenes. Nem o trailer colocaram. Eu ainda li que o estúdio alegou dizendo que é "para manter a alta-definição das imagens". Façam-me o favor!

O recorde anterior pertencia à Batman - O cavaleiro das trevas. Com um pouco mais de 2,5 milhões de cópias.

Já que o trailer não acompanha a mídia, eu resolvi postar por aqui.


A lista de quem pode em Hollywood.

Pela 12ª vez aparecendo na lista e a 4ª em que fica com o primeiro lugar, Julia Roberts encabeçou o ranking anual da revista People, como a pessoa mais bonita do mundo. Segundo o amigo George Clooney: "há uma razão pela qual a beleza de Julia é atemporal, e não tem nada a ver com sua aparência. Tem tudo a ver com quem ela é", afirmou. Fiquei indignado com a exclusão de Halle Berry. Abaixo a lista com os 10 primeiros colocados.

2º - Channing Tatum, do filme "G.I. Joe"

3º - Zoe "AVATAR" Saldana

4º - Scarlett Johansson

5º - Jake Gyllenhaal

6º - Jennifer Aniston

7º - Sofia Vergara (sucesso inesperado na série "Modern Family", em Maio na FOX)

8º - Bradley Cooper

9º - Katy Perry

10º - Amanda Seyfried, da série de sucesso "Big Love", da HBO.

Para ver a lista completa, clique aqui.

terça-feira, 27 de abril de 2010

Dolce & Gabbana - Freedom '90.

A dupla italiana lançou no final do ano passado, não só 1, mas 5 perfumes ao mesmo tempo. Voltado ao público jovem, os aromas são florais e refrescantes. Mas com um toque de elegância, que já é natural à marca. A campanha foi feita com as tops: Claudia Schiffer, Eva Herzigova e Naomi Campbell e conta ainda com as presenças de Tyson Ballou, Noah Mills e o nosso brasileiro Fernando Fernandes. Tudo isso, ao som de Freedom '90, de George Michael, música que é considerada um dos hinos da moda.

As fragrâncias são: La Lune n.º 18, La Roue de la Fortune n.º 10, L'amoureux n.º 6, L'impératrice n.º 3 e Le Bateleur n.º 1. É só escolher aquela que se adequa melhor à sua atitude.

Vejam o comercial.


Jorge Gelati... é coisa nossa!

Jorge Gelati é Catarinense, tem 43 anos e naturalizou-se italiano há muitos anos. Ex-sargento do Exército é considerado um dos maiores modelos de todos os tempos e vive em Paris há 6 anos. Lembro-me do anúncio que ele fez no início dos anos '90 para uma marca de toalha e de fundo, uma voz feminina dizia: "ele está enxugando a máquina". Então, o víamos totalmente nú. Atualmente faz as campanhas da linha masculina de Dolce&Gabbana e dos relógios suíços Omega. Separei algumas fotos que mostram quão belo é Jorge e de Gelati, "cet homme n'a est rien!".

Vejam:
 




Infelizmente, não encontrei nenhum vídeo decente dele na web.

A garota da capa - Natalia Vodianova.

Natalia Vodianova nasceu na parte pobre da cidade russa de Gorky, onde vivia com sua mãe e duas irmãs (uma delas teve paralisia cerebral), desde criança ajudava nas contas de casa vendendo frutas na feira. Aos 15 anos, decidida em sair daquela situação, começa a ter aulas de inglês e se apresenta numa agência de modelos da capital Moscou. Com 17, se muda para Paris e então, sua carreira é alçada para a condição de mito.

Sua carreira como Top é marcada pelo sucesso tanto nas passarelas como em campanhas milionárias para as casas: Louis Vuitton, Yves Saint-Lorent, Marc Jacobs, Diane von Fürstenberg, Chanel e muitas outras. Mas definitivamente, o seu nome sempre será lembrado pelas campanhas memoráveis para a marca norte-americana, Calvin Klein. Segundo a Revista Forbes, entre 2007 e 2008, a modelo recebeu U$ 5,5 milhões de dólares.

A Top russa já estampou mais de 350 capas e segundo o site Models.com, Natalia é a 7ª colocada na lista das "20 top icons".

Em Novembro de '01, casou-se com Justin Trevor Berkeley Portman, um britânico com descendência da Família Real. Na cerimônia, a top usou um look by Tom Ford. Com a união, recebe o título de "Lady". É mãe de Lucas Alexander (nasceu em 2001), Neva (2006) e Viktor (2007).

Lady Vodianova é presidente da ONG, Naked Heart Foundation, que cuida da educação de diversas crianças russas abandonadas, com sede em Moscou. Além de projetos sociais, a organização constrói parques nas principais cidades da União Soviética. Além de linda, se preocupa com crianças e áreas verdes. Ponto pra ela!

Abaixo, separei o vídeo onde a Lady Top estrela a campanha do novo perfume para Calvin Klein, a fragrância "Euphoria". Vejam:


domingo, 25 de abril de 2010

Farrah Fawcett - a moça do calendário.

Farrah Fawcett é considerada um dos maiores símbolos sexuais dos anos '70 e um dos rostos mais reconhecidos de Hollywood de todos os tempos. Ícone da cultura pop, seu penteado foi copiado por milhões e milhões de mulheres em todo o mundo. Nasceu no Estado do Texas e é formada em microbiologia. Mas o seu verdadeiro objetivo sempre foi ser atriz e a sua estréia na TV foi na série "I dream of Jeannie".

Esta foto mudou sua carreira, definitivamente. Inclusive, aparece numa cena de "Saturday night fever" pendurada no quarto do jovem Tony Manero (interpretado por John Travolta). Na época do lançamento do calendário vendeu mais de 8 milhões de cópias. Mas o rumo ao estrelato ainda não havia começado.

Em '76 é convidada por Aaron Spelling para integrar o elenco de "Charlie's angels" da rede ABC. Acima, o trio original (à esquerda, Jaclyn Smith e Kate Jackson). Como o seriado tornou-se um sucesso instantâneo, a loira era tratada como "a estrela", o que causou constrangimentos constantes entre os membros da produção. Ao final da primeira temporada, ela decidiu sair do programa, o que obrigou os produtores a entrarem com um processo milionário por quebra de contrato forçando a estrela aparecer em 3 episódios anuais por temporada.

Nessa época era casada com o ator Lee Majors que tinha uma série de sucesso também (the Six million dollar man). Mas o sucesso de Farrah incomodava tanto que eles se divorciaram no início de '80.

Com o ator Ryan O'neal viveu por 17 anos, desse relacionamento tiveram um filho (Redmond, que hoje tem 23 anos e se recupera do vício de heroína). Farrah teve uma carreira interessante pois quando ninguém podia contratá-la em LA, devido ao processo movido pelos produtores de "the Charlie's angels", estrelou 2 peças de sucesso comercial e de crítica na Broadway e filmes para TV. Indicada aos Golden Globes e Emmys. Destaque para o filme televiso "the burning bed", de '84.

Em Dezembro de '95 estampou a capa da Playboy americana e é a segunda revista mais vendida por lá, com uma tiragem de 1.350 mil exemplares.

Em Outubro de '97 fez novamente a revista e segundo alguns foi nesta época que começaram a aparecer problemas de comportamento. Teve aquela entrevista constrangedora no programa de David Letterman onde era visível que a estrela não estava bem. Rumores de uso de drogas surgiram na mídia.

Sua última grande aparição foi na entrega do prêmios Emmy de '06 ao lado das Panteras Originais na homenagem ao recém falecido Aaron Spelling. Em Outubro do mesmo ano é anunciado que Farrah tem câncer. A estrela vai à Alemanha para tratamentos alternativos, porém, sem sucesso e falece aos 62 anos, no mesmo dia que Michael Jackson.

Mary Farrah Leni Fawcett - 02/02/1947 - 25/06/2009.


sábado, 24 de abril de 2010

Feliz Aniversário vai para...

Barbara Joana Streisand, 68 anos.

Pertence ao seleto grupo de artistas do show business à vencer nos principais prêmios: Tony, Emmy, Grammy e Oscar. Em 2008 foi laureada com o Kennedy Center Honors (o prêmio com mais prestígio nos EUA que um artista pode receber). A mulher é simplesmente uma lenda!

Espero que tenha aproveitado e muito bem, o seu dia!

Abaixo, a música que eu mais gosto dela: the Way we Were, filme que a diva fez com Robert Redford.


Mulher de fases...

O feminino sempre foi colocado em segundo plano em nossa história. Isso é um fato. Nunca teve o seu valor reconhecido, então, como vivemos numa sociedade "patriarcal", temos acompanhado diversos massacres, gerras, extinção e aniquilação de línguas, raças e ideiais nas mais diversas culturas. Fiquei impressionado com a abordagem de "O Código da Vinci", onde Dan Brown nos mostra como a visão do feminino foi extirpada por interesses que passaram longe de serem religiosos e na sua maioria flertaram com questões relacionadas ao poder. Separei algumas imagens que exemplificam os diversos comportamentos em que o feminino se resume em nossa sociedade.

Confiram:

A bela Adormecida: coitada... enquanto escrevo esse post, rugas estão se formando em seu rosto. Algo me diz que ela precisa acordar para a vida.

Ariel: aquela que espera o impossível de seus relacionamentos - fazer a diferença na vida do seu amado, ser a única mulher e aquela que se sacrificaria fisicamente para ficar com "o homem de sua vida".

Pocahontas: gasta horas e horas no salão de beleza, porque não vive sem a mais importante descoberta recente da humanidade: a escova progressiva.

Diana: a mulher-maravilha da sociedade atual. Anda de shorts, botas Gucci e usa o "laço da verdade" para saber quem mandou aquele torpedo que ela encontrou no celular do amado.

Mulher-Gato: a que vive "dando perdido" no ficante que ela conheceu no barzinho quando sai com a galera do trabalho. Mas tem mania de viúva-negra (depois da cópula com o macho, não gosta de receber telefonemas no dia seguinte. Não há nada pior do que um homem que mande flores!).

Lara Croft: a que assusta todo e qualquer homem, atualmente. Ganha o seu próprio dinheiro, tem cintura fina, fala o que pensa e sofre da "síndrome de Madonna". Quem mandou se dar bem mais do que muito marmanjo?!


quinta-feira, 22 de abril de 2010

Feliz aniversário de hoje vai para...

John Joseph Nicholson, 73 anos. Venceu 3 vezes o Oscar nos filmes: "one flew Over the Cuckoo's Nest", "Terms of Endearment" e "as Good as it Gets". É o único ator vencedor onde as atrizes também venceram, nas mesmas categorias. Possui uma fortuna estimada em mais de U$ 290 milhões, segundo a revista Forbes de 2009.

Aaron Spelling, se estivesse vivo completaria 87 anos (faleceu em Junho de 2006). É o maior produtor-executivo de vários e inesquecíveis seriados de todos os tempos. Citarei alguns: "Starsky and Hutch", "Hart to Hart", "Charlie's Angels", "Bervely Hills 90210", "Charmed", "Melrose Place", "the Love boat", "Fantasy Island", "Dysnaty"... entre outros e inúmeros sucessos. É impossível que você não tenha visto nenhum!

É pai de TORI SPELLING (a Donna, de Barrados no Baile), e possuía uma fortuna avaliada em mais de U$ 500 milhões e deixou apenas U$ 800 mil para ela.

Bastidores de Hollywood.

Hollywood nunca viu com bons olhos as notícias sobre "a homossexualidade de seus funcionários", pois temia comprometer a imagem de seus galãs e heroínas. Os donos de estúdios não se importavam se fulano saía com siclano, desde que, "a sua vida particular", não atrapalhasse o rendimento das bilheterias. Esse livro, "Bastidores de Hollywood" (Editora Landscape, escrito por William J. Mann e lançado em 2002), trata da influência exercida por gays e lésbicas, assumidos ou não e do papel preponderante desempenhado por eles, desde o início. Separei alguns nomes citados na publicação:

As primeiras grandes celebridades que abriram caminho foram: Garbo e Dietrich (à direita), que a imprensa definia como 'duas partes do mesmo time', pois Marlene era casada. A foto dela com Claudette Colbert esparramada entre suas pernas rendeu muitas matérias para revistas e jornais.

Toda essa flexibilidade (durante os anos '20), sofreu nocaute nas décadas de '30 até a de '50, períodos nos quais "a onda conservadora" fez os homossexuais se policiarem. A mudança de clima levou 2 atores a romper o convívio e mudar a imagem. Cary Grant (à direita) terminou um sólido relacionamento com Randolph Scott, um dos reis dos faroestes, para se casar com a atriz Virgínia Cherill à mando de um dono de estúdio. A casa que eles compraram e viveram por vários anos ficou conhecida como "the bachelor Hall".

Gary Cooper foi proíbido pelo poderoso-chefão da MGM (Louis B. Mayer), de ser visto ao lado de seu amigo inseparável, Andy Lawer, com quem dividia o mesmo teto.

A corrosiva colunista Hedda Hopper tirava o sono de Montgomery Clift, por que tinha em suas mãos uma queixa policial de atentado ao pudor registrada contra o ator. A imprensa tanto alimentava ruídos sobre casos como vendia seu silêncio em troca de dinheiro.

Rock Hudson (à esquerda, foi a primeira grande celebridade à morrer em decorrência do vírus da AIDS em '85 e muitas fãs se espantaram, mas a maioria dos colegas de trabalho sabiam da sua preferência) e James Dean foram poupados graças à interferência e dos cheques que seus estúdios mandavam para "abafar possíveis manchetes" em publicações sensacionalistas.

Tyrone Power (à esquerda); rumores que mantivera durante anos a fio um romance com o eterno Robin Hood: o australiano Errol Flynn.

Burt Lancaster, apesar de ter se casado 3 vezes,  teria tido romances com Cary Grant, Marlon Brando e Rock Hudson.

Independente de suas preferências, o talento desses e de outros astros e estrelas é indiscutível. A maioria aqui citada consta na seleta lista do American Film Institute (o prestigiadíssimo orgão), das "50 maiores personalidades do cinema", publicada em '99.